INE estima mais rendimento da atividade agrícola

  • 18-12-2013

    De acordo com a primeira estimativa das Contas Económicas da Agricultura (CEA) para 2013, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o Rendimento da atividade agrícola em Portugal “por unidade de trabalho, deverá aumentar 4,5%, em termos reais, relativamente a 2012”. A evolução nominal do VAB (+9,6%) terá sido “determinante na evolução deste indicador, atenuando o impacto do decréscimo previsto dos outros subsídios à produção (-11,4%)”. A Produção do ramo agrícola observou um crescimento nominal (+3,1%), prevendo-se, para 2013, um ligeiro decréscimo em volume (-0,1%) e um aumento dos preços base (+3,2%). Estas evoluções refletem variações distintas das componentes da produção, com a Produção vegetal a apresentar aumentos em volume (+3,7%) e de preço (+3,9%), e a Produção animal a registar um decréscimo de volume (-4,4%) e um aumento dos preços de base (+2,5%). De acordo coma informação divulgada pelo INE, os acréscimos positivos em volume na Produção vegetal ficaram a dever-se “essencialmente ao bom desempenho nos cereais (+9,9%), plantas forrageiras (+10,0%) e frutos (+8,5%). O aumento dos preços ocorreu principalmente nos vegetais e produtos hortícolas (+5,5%), batata (+80,0%) e frutos (+5,9%)”. Até 31 de janeiro de 2014 será efetuada pelo INE uma segunda estimativa na área de divulgação das Contas Nacionais.